Capítulo 5 - Nico compra Mc lanche feliz para os mortos

Pelo menos tive uma boa noite de sono antes da missão, certo?
Errado.
Naquela noite nos meus sonhos, eu estava na cabine do Princesa Andrômeda. As janelas estavam abertas sobre um mar iluminado pela lua. O vento frio balançava as cortinas de veludo. Luke se ajoelhava sobre um tapete persa em frente ao sarcófago dourado de Cronos. Na luz do luar, o cabelo loiro de Luke parecia puramente branco. Ele usava uma antiga túnica grega e uma himation branca, uma espécie de capa que descia pelos seus ombros. As roupas brancas o fizeram parecer atemporal e um pouco surreal, como um dos deuses menores no Monte Olimpo. A última vez que eu o vi, ele estivera quebrado e inconsciente depois de uma queda feia do Monte Tam. Agora ele parecia perfeitamente bem. Quase saudável demais.

Capítulo 4 - Annabeth quebra as regras

Quíron insistiu que a gente conversasse sobre aquilo de manhã, o que foi tipo: Ei,suas vidas estão em perigo mortal. Durmam bem! Foi difícil cair no sono, mas quando finalmente consegui, sonhei com uma prisão.
Eu vi um garoto em uma túnica grega e sandálias agachado sozinho em uma massiva sala de pedra. O teto era aberto para o céu da noite, mas as paredes tinham mais de seis metros altura e eram de mármore polido, completamente suaves. Espalhados ao redor do quarto havia caixotes de madeira. Alguns estavam quebrados e espalhados, como se tivessem sido jogados lá. Havia ferramentas de bronze espalhadas – um compasso, uma serra e várias outras coisas que eu não consegui reconhecer.

Capítulo 3 - Brincamos de pega-pega com escorpiões

Na manhã seguinte, havia muita agitação no café da manhã. Aparentemente por volta das três horas da manhã um drakon etíope fora visto nas fronteiras do acampamento. Eu estava tão exausto que dormi mesmo com o barulho. As fronteiras mágicas mantiveram o monstro fora, mas ele rodeou as colinas, à procura de pontos fracos em nossas defesas, e não parecia ansioso para ir embora até que Lee Fletcher do chalé de Apolo liderou alguns de seus irmãos na perseguição. Depois de algumas dezenas de flechas enfiadas nas aberturas da couraça do drakon, ele captou a mensagem e se retirou.